Força-tarefa 'desmonta' núcleo financeiro do Comando Vermelho em MT

Imprimir
+ Polícia
Terça, 18 Janeiro 2022 | GazetaDigital
Força-Tarefa da Segurança Pública de Mato Grosso, que envolve as policias Federal, Militar, Civil, Rodoviária e o Sistema Prisional, deflagrou na segunda-feira (17), a Operação Mandatário, com objetivo de cumprir 51 mandados judiciais contra o ‘financeiro’ do Comando Vermelho, maior organização criminosa atuante em Mato Grosso.
Foram sequestrados R$ 10 milhões dos investigados. De acordo com as informações da assessoria de imprensa da Polícia Federal, os mandados começaram a ser cumpridos na segunda, mas só foram finalizados nesta terça-feira (18).
As policiais se dividiram entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para cumprir as ordens expedidas pela 7º Vara Criminal de Cuiabá.
Sabe-se ainda que, 15 veículos foram sequestrados, além de 7 imóveis e 10 contas e investimentos foram bloqueados, resultando na quantia de R$ 10 milhões.
Equipes cumpriram 12 mandados de buscas e apreensões nas casas, empresas e escritórios dos investigados, entre eles, um de contabilidade. Documentos, joias de grande valor, arma de fogo e mais de meio milhão em espécie foram apreendidos.
Durante o cumprimento dos mandados, 6 suspeitos foram presos preventivamente e um acabou sendo preso em flagrante. A identidade deles não foi revelada pela assessoria.
A investigação da força-tarefa aponta que os alvos da operação atuam como o núcleo ‘contábil e financeiro’ da maior facção criminosa que atua em Mato Grosso. Eles realizam a coleta e a distribuição dos valores.

 

 
 
 
 
 
Joomla 1.6 Templates designed by Joomla Hosting Reviews